“Feliz Aniversário, Minha Amada” no HQ Mix

É com muita alegria que anuncio que “Feliz Aniversário, Minha Amada” foi selecionada para concorrer ao HQ Mix como “Publicação Independente de Autor”!

É a primeira vez que concorro ao prêmio, e além da indicação recebida pelo gibi, também concorro como “Novo Talento – Roteirista”. o/

Torçamos e aguardemos o resultado. Lembrando que “Feliz Aniversário, Minha Amada” continua disponível para leitura gratuita pelo hotsite e a venda do exemplar impresso pode ser feita pelo mesmo canal.

FIQ 2013

“Então é natal…”

Bom, pelo menos é o natal de todo quadrinista brasileiro, o FIQ!

Começa hoje o Festival Internacional de Quadrinhos em Belo Horizonte. A partir de amanhã, quinta-feira, estarei no estande “Quadrinhos Inquietos”, onde fico até o fim do evento, com caixas “Feliz Aniversário, Minha Amada” e os últimos resquícios de “Jesus Rocks”.

No sábado, dia 16, às 20h, estarei na Praça Mauro Martinez para uma noite de autógrafos. Mas nada impede de comprar e pegar dedicatória em outros dias ou horários. 🙂

Chegando por lá, me procure para batermos aquele papo!

“Feliz Aniversário, Minha Amada”

Depois de um longo tempo me dedicando à publicação da minha segunda história em quadrinhos, ei-la:

Feliz Aniversário, Minha Amada” está disponível gratuitamente na versão digital através do hotsite, e para aqueles que preferem o bom e velho papel, a versão impressa pode ser adquirida na mesma página pela bagatela de r$ 12, com o frete já incluso.

Tive o grande prazer de ter como prefácio, um texto do grande Fábio Yabu ou será que foi o Abu Fobiya quem escreveu? De qualquer forma, abaixo separo um trecho:

“Na história ‘Feliz Aniversário, Minha Amada’, Brão Barbosa nos permite adentrar um pouco em sua mente, um complexo labirinto pincelado a sangue e nanquim, construído com ironia e sadismo. Eu não garanto que você vai voltar, mas posso assegurar que se divertirá um bocado.”

Quer saber sobre do que se trata a história? Leia a sinopse e baixe agora “Feliz Aniversário, Minha Amada”:

“Até que ponto uma pessoa pode ir para fisgar seu verdadeiro amor? Qual o preço a pagar? Quais as consequências? São perguntas que muitos passam a vida se perguntando. Benício não. Ele sempre soube as respostas.”